Posts Tagged ‘Literatura’

Interlúdio

novembro 5, 2013

Como vocês podem observar, este blog continua agonizando (agoniza mas não morre, o filhodaputa). E uma vez que os atuais níveis de motivação não são suficientes para me dissuadir de empregar o tempo útil de que disponho em algo mais proveitoso, tipo fazer um carinho mimoso nos meus pokemons, continuarei mantendo o blog em animação suspensa (pelo tempo necessário).

*

Porém, diante da recente derrocada da Tarja Editoral mediante as baterias antiaéreas do maligno e impiedoso mercado (y otras cositas más you should check it out), me toquei que deveria deixar registrado aqui que o Metal contra os mortos (meu romance pronto desde fins de 2011 e que eu – ingênuo – anunciei a publicação num longínquo post de julho de 2012) está no limbo dos entre-lugares de romances sem destino (parece mais, er, romântico do que é).

Com calma e sem estardalhaço (lembre-se: motivação < carinho nos pokemons) pretendo começar a procurar alternativas. E alternativas às alternativas. Mas por enquanto só quero manter meus pokemons aquecidos neste longo inverno da alma (e RIP Tarja).

Imagem

*

Já que estou atualizando essa bosta, pelo menos faço algo útil.

*

Fiquem ligados no facebook da Tarja. Está rolando a promoção pra acabar com todas as promoções (o que não é exatamente figura de linguagem, no caso).

*

Enquanto isso, A Draco anunciou a publicação da antologia Super Heróis, com meu conto caça-níquel (q é um spin off do Nerdquest, aquele meu livro que ninguém leu). Tem um link aqui com uma entrevista comigo (e eu não sei como nem por que the fuck, mas o texto tá com umas vírgulas muito esquizóides, relevem – pode ser culpa da cerveja). Rola uma amostra da ilustra do Angelo de Capua, com um estilo beeeeem realista – o que, dada a atmosfera escrachada do conto, acaba ficando ainda mais engraçado como paródia do gênero super-heroístico.

Imagem

Abaixo, o Pedro Éboli fez sua própria fan art de um dos personagens coadjuvantes – o Terror Terrier (cujo poder é conjurar hordas de terriers selvagens). Sim, sei que vocês querem, vocês anseiam, então tá bom, porra. Vou escrever um spin off do Terror Terrier pra postar aqui quando rolar a publicação da antologia.

Imagem

“Esta aqui é uma arma não letal. Não me force a aplicar os yorkshires”

*

Ainda sobre coisas que publico, e novamente pela Draco, tenho o conto (ou noveleta, whatever) O cortiço e as estrelas na antologia Space Opera III. Sim, é um mash up, o clássico do Aluísio Azevedo revisitado em ambientação space opera. Tem texto original misturado com texto meu, tem eu esculhambando o texto do Aluísio (sorry, dude), tem zoeira com a crítica literária, tem um monte de coisa legal. Só não tem fan art engraçadinha (ainda).

*

Marvel Now tá saindo no Brasil! Leiam, tá irado! Aproveitam enquanto o Matt Fraction é o novo Bendis-antigo, porque daqui a pouco ele vira o novo Bendis-atual e os roteiros vão ficar uma merda!

*

And that’s it.